Para ler e meditar

Mensagens

direcionadas à:

 

 

  • Uns condenam a educação moderna, saudosos dos tempos em que as crianças obedeciam aos pais pelo olhar e tremiam diante do mestre. Outros aprovam a nova educação sem a conhecer e fazem do seu princípio de liberdade uma forma de abandono. Não há liberdade irrestrita, pois a liberdade só pode existir dentro das condições necessárias. Um home solto no espaço, livre até mesmo da gravitação, não pode fazer coisa alguma e perecerá na desolação. Para que ele tenha liberdade é preciso que esteja condicionado pelo meio físico, pisando a terra e aspirando o ar, condicionado pelo corpo e pelo meio familiar e social, e assim por diante.

    A educação antiga era uma forma de domesticação. As crianças eram tratadas como animais. A educação moderna, a partir de Rousseau, é uma forma de compreensão. O seu princípio básico não é a liberdade, mas a compreensão da criança como um ser em desenvolvimento. O seu objetivo não é o abandono da criança a si mesma e sim o cultivo paciente da criança, para que possa crescer sadia no corpo e no espírito. Os maus juízos sobre a nove educação provêm do seu desconhecimento pelos pais e pelos mestres, muitos dos quais não possuem aptidão para educar.

    Para os órfãos, o trecho

     

    Irmão Saulo ,Na era do Espírito.

     Francisco Cândido Xavier – HerculanoPires.

Mediunidade e Moral PDF Imprimir E-mail

 

Toda mediunidade p´ra ser séria,
Para dar frutos bons e consolar,
Não pode se ocupar fazendo féria,
Em vez de nobremente trabalhar.

Quem queira dedicar-se a tal labor
De ser a ponte entre os dois hemisférios,
Laborará mui ciente e com ardor,
Para entender a vida e seus mistérios.

Ser médium, pois, no mundo é compromisso
De ser coerente e probo, com Jesus,
Sem jamais abandonar seu serviço,
Bem longe da quimera que o reduz.

O estudo e a disciplina o servidor
Transformam no instrumento do infinito.
Mas, é na esfera dúlcida do amor
Que o médium brilha, humilde, são, bonito.

Para um viver conforme às leis de Deus,
Que configuram vivência moral,
Os médiuns moldarão costumes seus
Pelo esforço no bem, vencendo o mal.

Nos desafios vividos na Terra,
Entre palavras duras, vidas tensas,
Cabe aos médiuns jamais fomentar guerra,
Nem nutrir vibrações torpes e densas.

Vem do Cristo a proposta de trabalho.
Mantém fidelidade ao ideal.
Não dês valor à sombra, ao ato falho,
Tendo a vivência em paz como fanal.

P´ra ser médium com Cristo, atende ao preço
Das lutas e renúncias pela estrada.
Fonte do bem, Jesus é o endereço
Da libertação bem-aventurada.

Sebastião Lasneau

Mensagem psicografada por Raul Teixeira, em 27.5.2006, no Instituto de Cultura Espírita de Itabuna, Itabuna-BA.

 Volantes FEP

 

       

 

Última atualização em Qui, 08 de Janeiro de 2009 18:07